A palavra de Deus e o dom da Pregação

“A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é fiel, e dá sabedoria aos simples.” (Salmos 19.7)

A importância da Pregação da Palavra de DeusTorna-se cada vez mais evidente nos tempos atuais o afastamento dos homens da verdadeira palavra de Deus. Entre as pessoas, nos meios de comunicação ou até mesmo através de discursos políticos, são promovidas falácias que dão cada vez mais importância aos prazeres terrenos e à individualidade do homem, com o intuito de afastar a importância que o Deus Criador exerce sobre nós e sobre o universo. Por isso, é de extrema importância que nós, que ainda nos mantemos guiados pelos sagrados ensinamentos do Senhor, continuemos estudando a Bíblia (independentemente da Igreja a que pertencemos) e, sempre que possível, pregando a palavra. A seguir, citaremos quatro maneiras de pregar com sabedoria, seja para outros fiéis dentro da Igreja, ou nos demais momentos da vida, quando precisamos de forças para que as pessoas afastadas do caminho de Deus possam se iluminar pela convicção de nossa fé.

1 – Ler a Bíblia

Na Bíblia está a verdade. Tudo ali escrito diz respeito ao plano de Deus para que nós alcancemos o caminho da salvação. Através de todos aqueles que a escreveram – ou seja, todos os que foram inspirados pelos sinais do Espírito Santo e puderam, de certa forma, falar com Deus – nós temos a possibilidade de esclarecer o nosso sentido no mundo e solidificar ainda mais a nossa crença. Esse momento de meditação diária através da leitura nos permite desenvolver maior segurança para passar a mensagem de Deus adiante e tocar os corações dos que ainda estão perdidos na vida mundana.

 2 – Praticar com Esboços de Pregações

No início, a ajuda de quem já tem prática é muito bem-vinda. Embora o esboço de pregação não seja a alternativa ideal para iniciar a sua vida de pregador dentro da Igreja (leia mais sobre o assunto neste artigo), pode ser muito benéfico estudar alguns desses esboços através de páginas da internet, tais como o site Esboço de SermãoIsso porque, dessa forma, você poderá observar como outros pregadores organizam suas reflexões a respeito da palavra de Deus e como eles pretendem transmitir isso ao público. Uma simples leitura atenta ao trabalho de outra pessoa poderá elucidar o caminho para que você comece a organizar os seus próprios sermões.

 3 – Buscar Auxílio em Livros e Cursos

A palavra de Deus é expressa através da lucidez de seus servos. Significa que, muitas vezes, quando os esboços de pregações não parecerem suficientes, livros sobre como pregar e preparar sermões podem fornecer um auxílio que, junto das palavras da própria Bíblia, acabarão por construir um trilho para o seu “vagão” que busca a lucidez no Espírito Santo.

Além de livros específicos, existem também cursos completos que visam construir todo um alicerce para os fiéis que buscam o total esclarecimento sobre o caminho da salvação. O tema é inclusive abordado na seção Bacharel Em Teologia, onde levantamos a importância da retomada do interesse dos fiéis por uma formação baseada predominantemente pelos preceitos cristãos.

De qualquer maneira, dando atenção as dicas, os seus discursos de fé que ainda estão por vir com certeza ainda atingirão os corações de muitos fiéis.

4 – Falar Com Deus

Deus não é apenas um Pai, é também o seu melhor amigo. Além de ser importante reservar um tempo diário para passar estudando a Bíblia, temos de lembrar que existem muitas outras maneiras de falar com Deus. Já citamos os elementos da atualidade que tentam nos desviar do caminho da fé a qualquer custo. E é exatamente por esse motivo que as nossas conversas com Ele devem ser diárias e sinceras, de maneira que sempre possamos senti-lo próximo a nós.

Muito embora Ele esteja em todo lugar, o ideal é que você encontre um ambiente calmo (o seu próprio quarto, a Igreja ou mesmo um parque) para as conversas, pois isso deixará os seus pensamentos fluírem com mais naturalidade.

Logo abaixo, você pode conferir um excelente vídeo do Pastor Manassés a respeito da mesma questão abordada no artigo:

 

Lembre-se sempre: quando você tenta falar com Deus, Deus fala com você de volta. Se a resposta que você busca demorar, lembre-se de Daniel (10:9-14), que só teve sua prece atendida depois de 21 dias. Se você clamar pelo dom da pregação e se tiver fé, as palavras virão com naturalidade e a força do Espírito Santo inundará os seus futuros sermões.

“O além e o abismo estão descobertos perante o Senhor; quanto mais o coração dos filhos dos homens!” (Pv 15. 11)